Projeto 6 on 6 no Canada - Fotos de outono

Dia 6 tem 6 fotos de 6 blogueiras aqui no Canadá. Hoje é dia 6 pessoal! o tema desse mês traz as nossas 6 fotos de outono. Eu amo como as a...

Dia 6 tem 6 fotos de 6 blogueiras aqui no Canadá. Hoje é dia 6 pessoal! o tema desse mês traz as nossas 6 fotos de outono. Eu amo como as arvores mudam nessa época do ano. Folhas vermelhas, amarelas e laranjas por todo lado. Porém eu escolhi algumas fotos que mostram um pouco mais do que as folhas e lindas árvores para esse post:

#1 o outono (ou a primavera) são na minha opinião a melhor época para fazer trilha. Aqui no Canadá existem vários parques nacionais ou provinciais com que você pode andar e curtir uma linda paisagem. Essa foto foi no comecinho do outono passado no Algonquin Provincial Park.

#2 um lindo pôr do sol de outono. Essa foto foi com meu celular sem filtro, essa época do ano as fotos do sol se pondo ficam espetaculares.

#3 A temperatura começa a baixar e chega a hora de dar descanso para as havaianas, mas eu as uso até não aguentar mais (em negação que o inverno está chegando)

#4 No outono acontece o Halloween e até Neve tem um suéter para deixá-la quentinha e no clima da festa

#5 Mas tem que ter a tradicional foto nas folhas no chão, né?! Essa tirei num parque em Mississauga quando Oliver tinha apenas 7 meses. Ele amou a textura das folhas.

#6 Como é interessante ver as árvores aos poucos mudando de cor. Hoje tirei essa foto da árvore aqui na frente de casa e ela está exatamente metade laranja e metade verde. Tenho certeza que em poucos dias já estará toda laranja.

Bom outono para todos! Vem ver o que as outras meninas do 6 on 6 no Canadá postaram:

Adri [Like a New Home] em Ottawa- ON 
Gaby [Gaby no Canada] em Toronto - ON 
Juliana [Edmonton Feelings] em Edmonton - AB 
Mariana [De Bem Com a Vida] em Calgary - AB 
Priscila [Embarque com a Pri] em Vitoria - BC 






UPDATED - Como renovar o passaporte brasileiro passo a passo simples

Estou aqui super animada e já contando os dias para a nossa viagem para o Brasil! Oliver e eu iremos em breve visitar a terrinha quente de R...

Estou aqui super animada e já contando os dias para a nossa viagem para o Brasil! Oliver e eu iremos em breve visitar a terrinha quente de Recife, mas quando reparei nas datas do passaporte brasileiro: estavam ambos vencidos.

O processo de renovar o passaporte estando aqui em Toronto é na verdade bem simples. Está tudo bem explicadinho do site do Consulado Brasileiro de Toronto. Mas eu vou deixar bem explicadinho o passo a passo aqui embaixo. Só que antes mesmo de solicitar o passaporte você precisa tirar a foto dentro das especificações solicitadas, que é para uma foto tamanho 5x5cm ou 2x2inches, no fundo branco. 

UPDATE: antes era possivel tirar a foto em casa e revelar, porem o consulado nao aceita mais fotos tiradas em casa. É preciso tirar a foto com um fotografo pois a foto precisa ter o carimbo do local que foi tirada. Essa foto pode ser tirada nas farmacias shoppers, no walmart ou se voce preferir, no terreo do predio do consulado em Toronto por $14 dolares e a foto fica pronta em 10 minutos. 

Primeiro: preencher o formulário de solicitação nesse site oficial. É nesse formulário que você colocara todos os seus detalhes de cidadão brasileiro (numero do passaporte anterior, detalhes da certidão de nascimento ou casamento, etc.). Por fim poderá também anexar a foto do passaporte e copias dos documentos. Se você não conseguir anexar, não se desespere, no dia do seu atendimento o atendente do consulado poderá scanner e anexar por você na hora. Ao finalizar esse formulário, imprima a página com código de barras e numero de protocolo que você precisara para o próximo passo.

Segundo: entre na página do calendário do Consulado Brasileiro de Toronto e escolha o melhor horário para você ir apresentar os documentos originais e copias. Atenção será preciso agendar uma consulta para cada numero de protocolo que você tem em mãos. Ou seja, para uma família cada membro deve ter o seu próprio horário.

Terceiro e último passo: compareça no consulado, que fica no centro de Toronto: 77 Bloor St West 11º andar, sala 1109, no dia e hora do seu agendamento (chegue um pouco antes). Você não precisara pegar ficha de atendimento, pois será chamado pelo nome por um dos atendentes. Crianças menores de 12 anos não precisam comparecer em pessoa. Atenção: você pode pagar o valor da renovação por debito, mas não cartão de credito. 

Para renovar o passaporte de crianças é preciso preencher esse formulário aqui, ambos os pais têm que estar presentes na hora da solicitação. No caso de não poderem ir juntos, os atendentes deixam que um pai de entrada na solicitação da criança, e o outro pai vá assinar num outro horário. Sem ter que agendar ou levar novamente os documentos da criança, basta se identificar que foi apenas assinar o formulário pendente.

Todos que já me atenderam no consulado em Toronto foram muito prestativos e gentis. Espero que esse post te ajude a desmistificar um pouco a tal burocracia e atendimento ruim do consulado.

Até a próxima!


Considerações na hora da escolha da escola ou daycare – Projeto Mães no Canada

Esse tema do Projeto Mães no Canada foi um que eu considerei bastante quando comecei a pensar em Oliver indo para o daycare, que  é como ...


Esse tema do Projeto Mães no Canada foi um que eu considerei bastante quando comecei a pensar em Oliver indo para o daycare, que é como se chama creche aqui, e eventualmente escola. 

Primeiro dia de creche - brincando no playground Setembro 2016
As crianças ficam em creche até a hora de ir para a escola (ano letivo aqui começa em setembro) no ano que elas completam 4 anos. O foco do meu post será apenas nas creches, e você pode achar mais detalhes sobre escolas olhando os posts das outras mamães que tem filhos ja na escola, vê a lista de links no final desse post 😊

Creches aqui no Canada são divididas em 2 opções: centros/tradicionais ou residenciais.

As creches residenciais, como o nome já diz, funciona na casa de alguém que tem uma licença para ter creche em casa, fez o curso de educação infantil e segue as regras determinadas para cuidar de crianças novas. Esse tipo de creche tem poucas crianças e por isso não existe divisão de turmas. Muitas pessoas gostam dessa opção por oferecer um contato mais “familiar” e pessoal da criança com a cuidadora. Outras não gostam do fato de não ter a mesma estrutura “escolar” em preparação para escola e socialização com um numero maior de crianças. Essas creches tem um custo mais baixo do que o outro tipo de creche.

A creches de centros tradicionais, daycare centers, são empresas que oferecem esse serviço. O número de crianças por sala eh maior, porem elas também seguem as mesmas regras provinciais que as creches residenciais em termos de proporção de crianças vs. adultos, e certificação (educação infantil, primeiros socorros, etc). As vantagens principais que eu percebi são: maior estrutura para as crianças brincarem dentro e fora da sala de aula e “aprenderem”, existe uma formalização que facilita conversas difíceis sobre coisas que podem ser preocupações dos  pais (digo isso porque já tive algumas conversas com a diretora sobre as professoras, e eu sei que eu não me sentiria confortável de falar para elas cara a cara). Para algumas pessoas o fato da sala ter mais crianças pode significar uma atenção menos pessoal ou um sentimento de “business” cuidando de crianças, enquanto que em creches residenciais existe a percepção que a pessoa tem um “amor” maior. Eu não concordo com essa percepção, as professoras de centro também têm paixão por estar com as crianças. Elas (ou eles, homem também pode ser educador infantil)  também fizeram essa escolha de ter uma carreira cuidando dos nossos pequenos de forma profissional mas não menos amorosa. A clara desvantagem dos centros: custo mais alto que creche residencial e em algumas cidades existe lista de espera.

As creches recebem crianças desde bebezinhos de 6 semanas a 16 meses, na sala para infants (1 professora para cada 3 criancas). Quando eles estão entre 16-18 meses passam para a sala de toddlers (1 professora para cada 5 criancas), e passam para a sala de pre-school aos 2 anos e meio (1 professora para cada 8 criancas) ficando ate irem para escola. E as creches, na grande maioria, nao seguem o calendario escolar de ferias, ou seja funcionam o ano todo so fechando em feriado nacional. 

Hora do lanche todo mundo junto - April 2017
Em ambas opções de creche o almoço está incluso, lanche da manhã e da tarde - pode ser que existam exceções, mas todas que pesquisei incluíam refeições. O horário de funcionamento geralmente é entre 7 da manhã e 6 da tarde, porém a criança não tem horário fixo para chegar ou sair como é na escola. Existe uma flexibilização maior nesse sentido comparado a escola.

Comecei a pesquisar creche para Oliver quando ele tinha 6 meses, porque eu já sabia que aqui em Mississauga não tem muita lista de espera. Desde o princípio quisemos creche tradicional para ele. Por questão pessoal sentimos mais segurança dele em um centro do que na casa de alguem, porem era fundamental:

- Ter relatório diários sobre o dia dele na creche. A creche dele usa o software HiMama que nos manda por email o relatório ou podemos baixar no celular. Eles também mandam fotos ou vídeos durante o dia pelo software.

- Professoram que claramente demonstrassem paciência, carinho e paixão pelo que fazem. Apesar de ser bem subjetivo nós mulheres principalmente temos uma aguçada intuição que nos ajudam ainda mais com esse julgamento. Além de visitar a creche em dias diferentes para observar, de preferência ir em horários diferentes ou se possível aparecer “de repente”. Notar que existe um ambiente acolhedor para as crianças na sala, e experiência lidando com elas principalmente observando o comportamento delas quando alguma criança chora ou “desobedece”.

- Fundamental que a creche não disciplinasse Oliver to tipo palmada, castigo, cantinho do pensamento, etc, e sim que houvesse uma proposta de disciplina positiva.

- As crianças terem uma rotina organizada e metódica (que facilita a adaptação) na qual os pais tenham acesso com antecedência sobre o que a criança irá fazer durante o mês. A creche de Oliver segue o programa FrogStreet (play based learning) que eles seguem para iniciar o aprendizado das letras, números, etc. de forma lúdica.

- Comida saudável com cardápio variado e balanceado. A creche que escolhemos tem cardápio diferente por dia da semana, e muda a cada semana na rotação de 5 semanas, e ai recomeça com o cardápio #1.

- Localização. Na época fizemos a decisão de ter a creche perto do meu trabalho já que eu usava o único carro que tínhamos para ir para o trabalho. Pensei no inverno, que tem muito mais transito, eu prefiro que ele esteja comigo no carro do que na creche me esperando. 

- Atividades extras durante o mês. Na creche de Oliver uma vez por mês tem uma “contadora de estórias” e uma “professora de atividades físicas” (que geralmente é cantar e dançar bastante). De vez em quando eles recebem uma clínica dental que conversa com as crianças sobre escovar os dentes e ensina—los bons hábitos de saúde dental. Essas coisas são de fato bônus, mas muito valido de ter.

Visitamos 4 creches e acabamos decidindo pela primeira que visitamos. Fomos mais 2 vezes antes de bater o martelo. Oliver começou na creche aos 16 meses, antes disso ele estava em casa com a família. Ele demorou mais ou menos 2 meses até se adaptar à nova rotina, chorava bastante ate que parou e ficava feliz e tranquilo de estar la.

Oliver feliz na entrada da creche - turma pre-escolar outubro 2018
Oliver hoje esta na sala dos pre-schoolers, gosta de ir para lá (na maioria dos dias), se comunica bem em inglês, já usa o banheiro sozinho, sabe cantar e dançar várias músicas em inglês que eu não sei :P Quem ai já sabe o baby shark doh doh (x100) dohhh ?

Alguns links para ajudar na sua pesquisa sobre creche/daycare aqui em Ontario, todos em ingles: 

Agora vamos ver o que as outras mamães tem para nos falar sobre o assunto: 



Ate a proxima!


Projeto 6 on 6 no Canadá - Cor Vermelha

A cor vermelha esta muito presente na minha vida, e por isso foi difícil escolher apenas 6 fotos para o Projeto 6 on 6 no Canadá . Todo dia ...

A cor vermelha esta muito presente na minha vida, e por isso foi difícil escolher apenas 6 fotos para o Projeto 6 on 6 no Canadá. Todo dia 6, 6 blogueiras de 6 cidades diferentes aqui no Canadá, mostram 6 fotos sobre o mesmo tema. O tema desse mês... vermelho, vermelhaço, vermelhusco, vermelhante...hehehe

#1 Primavera colorida. A primavera além de animar as almas congeladas do inverno, traz uma diversidade grande de flores e cores. As rosas e tulipas vermelhas são vibrantes. Nessa época do ano vale a pena visitar os diversos parques e jardins espalhados pela cidade para curtir o vermelho (e as outras cores também, claro!).

#2 Cerveja vermelha. Para os cervejeiros de plantão, fica a dica dessa cerveja vermelha que provei na Signal Brewery. Sabor bem diferente e azedo. Já escrevi sobre a Signal Brewery aqui no blog. 

#3 Comer sobremesa no BeaverTails. O famoso e delicioso “rabo de castor” está em várias cidades canadenses, esse da foto fica em Quebec City. O BeaverTails é uma massa fininha frita, num formato achatado que lembra o rabo de um castor, por isso o nome entendeum :P Meu favorito é o Banana com Nutella ymmmm

#4 Carro vermelho. Não se engane, esse carro da foto não é o meu :P mas foi um dos carros que atraíram meu olhar no Auto Show em Toronto em março. Mas na verdade meu carro é sim vermelho e eu adoro. É bem mais fácil encontra-lo num estacionamento cheio de carros brancos, pretos e pratas hehehe

#5 Passear de trenó no Canal Rideau congelado. Se voce não sabe, ou não gosta de patinar no gelo, voce pode alugar esse trenó no Canal Rideau, basta que você tenha quem a puxe :P Algumas curiosidades sobre o maior pista de patinação no gelo aqui nesse post. 

#6 Eh? Essa é a expressão mais representativa da cultura canadense, assim como o “bah” para os gauchos, o “trem” para os mineiros, e o “oxe” para os pernambucanos. O “eh” vai no final das frases, por exemplo, “today is very hot, eh?” (traducao, o dia esta muito quente, né?!). Então se quiser entrar no cultura canadense que tal coloca-lo no final das suas frases, eh?! 

Até a próxima e vem ver os que as outras meninas escolheram para o tema vermelho.

Adri [Like a New Home] em Ottawa- ON 
Gaby [Gaby no Canada] em Toronto - ON 
Juliana [Edmonton Feelings] em Edmonton - AB 
Mariana [De Bem Com a Vida] em Calgary - AB 
Priscila [Embarque com a Pri] em Vitoria - BC